A VOZ DO MILITANTE: Camarada Isabel Maria Morais

MUITO FOI FEITO SOB A LIDERANÇA, SÁBIA E INCANSÁVEL, DO CAMARADA PRESIDENTE JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS. 

 

Luanda, 21 NOVEMBRO 16 (2ª FEIRA) - A voz de hoje é a da camarada Isabel Maria Morais, militante do MPLA desde 1974 e actual administradora do Bairro Neves Bendinha (Bairro Popular), no distrito urbano do Kilamba-Kiaxi, província de Luanda.

Nome?

Chamo-me Isabel Maria Morais.

Idade?

Tenho 57 anos de idade.

Naturalidade?

Sou natural da província de Malanje, norte de Angola.

Profissão?

Sou psicopedagoga.

Ocupação?

Sou a administradora do Bairro Neves Bendinha (Bairro Popular), distrito do Kilamba-Kiaxi, província de Luanda.

Desde quando é militante do MPLA e qual a sua trajectória como tal?

Sou militante do MPLA desde 1974. Ingressei no Comité Kudiquatekessa, onde fui secretária para a Organização e Finanças. Participei na recepção da primeira delegação oficial do MPLA, chefiada pelo saudoso camarada Lúcio Lara, que chegou a Luanda a oito de Novembro de 1974. Participei, também, na recepção do saudoso Presidente Agostinho Neto, que chegou a Luanda no dia quatro de Fevereiro de 1975. Fiz parte das Brigadas Populares de Vigilância (BPV). Em 1975, participei, no Bairro Neves Bendinha, no apoio logístico às gloriosas FAPLA (Forças Armadas Populares de Libertação de Angola), então braço armado do MPLA. Em 11 de Novembro de 1975, ajudei a criar as condições e participei no acto de proclamação da Independência Nacional de Angola, em Luanda. Em 2000, fui para o Brasil, onde permaneci, em formação académica, até 2008. Lá, participei activamente nas actividades do MPLA. Por causa disso, fui outorgada com uma Menção Honrosa, pela Direcção local da OMA. Em 2014, beneficiei de uma formação político-partidária, no Centro de Formação do Partido (CEFOP), em Luanda. Desde 2012, sou membro da Comissão Executiva e do Comité do Distrito Urbano do Kilamba-Kiaxi, em Luanda.

Em que Comité de Acção do Partido (CAP) milita actualmente?

Milito no CAP nº 353, do Bairro Neves Bendinha.

No seu CAP, tem cumprido com as todas as obrigações de militante? Como?

Sim. Participo em todas as tarefas, nas reuniões, nas campanhas de crescimento das fileiras do Partido, nas acções formativas e no estudo dos principais documentos.

Como avalia a prestação do MPLA, na actual fase de luta pelo desenvolvimento e progresso de Angola?

A prestação do MPLA é positiva, nomeadamente através da grande aposta na diversificação da economia angolana, na construção das novas hidroeléctricas, de novos hospitais, de novas escolas e na expansão do Ensino Superior.

Como o MPLA deve encarar e superar os desafios do presente e do futuro?

O MPLA deve contar com os quadros actuais, comprometidos de forma séria diante dos desafios que são impostos nas diferentes áreas, especialmente na periferia e encontrar soluções locais e pontuais, ouvindo, sempre, os líderes nas comunidades.

Tem ajudado na consciencialização dos cidadãos, na sua área de residência ou não, sobre os seus deveres e direitos de cidadania? Como?

É a primeira tarefa que tenho feito com as comunidades, com as famílias, com os jovens e com os adolescentes. Participo em palestras sob os diferentes temas, para a mudança de atitudes e de comportamentos inadequados, para que tenhamos lares e famílias saudáveis

Já fez a sua prova de vida, para as próximas Eleições Gerais?

Já fiz, sim. No dia 25 de Agosto de 2016, em Luanda.

Quais as perspectivas que vê para Angola, volvidos apenas 14 anos desde a conquista da paz definitiva?

Muito foi feito, até ao momento, sob a liderança, sábia e incansável, do Camarada José Eduardo dos Santos, Presidente do MPLA e da República de Angola, em todas as esferas. Necessitamos de investir mais nos recursos humanos, para que tenhamos a excelência. Acreditar na juventude e prepararmos melhor os professores das classes iniciais.

Uma mensagem aos militantes, simpatizantes e amigos do MPLA e ao povo angolano, em geral.

Devemos acreditar no país real. Temos tudo para vivermos de forma próspera. Que cada um, na sua área, se sinta um verdadeiro patriota, comprometido com a Nação angolana.

PortalMPLA/ER/AB

 

Comentários

não há comentários.

Fazer um comentário