VP DO MPLA: Discurso proferido no Acto Político de comemoração dos 44 anos da Independência Nacional

PortalMPLA, 16 de NOVEMBRO 19, (SÁBADO) - ÍNTEGRA DO DISCURSO PROFERIDO PELA VICE-PRESIDENTE DO MPLA, CAMARADA LUÍSA DAMIÃO, NO ACTO POLÍTICO DE MASSAS NO MUNICÍPIO DO CAZENGA:

"Camarada Paulo Pombolo, Secretário-Geral do MPLA;

Camaradas membros do Secretariado do Bureau Político;

Camarada Luther Rescova, membro do Bureau Político do MPLA, Primeiro Secretário Provincial e Governador Provincial de Luanda;

Camaradas membros do Comité Provincial do Partido e do Comité Municipal;

Camarada Primeiro Secretário Municipal Interino do MPLA no Cazenga;

Caros Camaradas Militantes, Amigos e Simpatizantes do MPLA;
 
É com imensa satisfação que em nome do Camarada João Lourenço, Presidente do nosso glorioso MPLA, a partir desta tribuna estendo as vivas saudações patrióticas, a todos os militantes, homens e mulheres, neste acto que tem lugar no Município histórico do Cazenga, um dos bastiões do MPLA em Luanda.
 
O nosso acto que hoje tem lugar, enquadra-se nas nossas jornadas políticas e do trabalho partidário que tem sido feito na Província de Luanda, e decorre numa altura em que o País comemorou o 44º. aniversário da Independência Nacional, acto presidido por Sua Excelência Dr. Bornito de Sousa, Vice-Presidente da República, na Província do Cuanza Sul, Município da Quibala.
 
Tratou-se de uma data de elevado significado e exaltação para todos os angolanos. Foi na verdade o resultado de uma longa luta de resistência ao colonialismo Português, durante a qual, bravos nacionalistas de diferentes gerações e regiões verteram o seu precioso sangue, para que hoje fôssemos um país livre, soberano e independente, que trabalha arduamente para realizar os sonhos dos seus filhos e filhas.
 
Um país que se ergue no contexto das nações, à luz dos ideais dos seus antepassados, não se resigna e nem prescinde de continuar a lutar em prol do desenvolvimento sócio-economico, com vista a melhoria das condições de vida das suas populações.
 
VIVA o MPLA!
VIVA o Camarada Presidente João Lourenço!
A Luta!
A Vitória!

A vitória que devemos continuar a somar em todos desafios políticos e eleitorais, com realce para as eleições autárquicas, cuja máquina está cada vez mais afinada e pronta, ainda que elas decorressem hoje, venceríamos qualquer obstáculo sem nenhum receio.
 
No MPLA, quando os desafios surgem, a mobilização é automática e rompemos até o betão armado, na medida em que temos uma trajectória de luta e vitórias forjadas na nossa capacidade de mobilização e visão estratégica.
 
O nosso Partido tem um potencial enorme. Tem gente trabalhadora e jovens com muito talento, mulheres e homens com vitalidade e acima de tudo, militantes comprometidos com os valores e princípios do nosso Partido e do nosso Líder, ancorados nos ideais dos pais que estiveram na génese da fundação do MPLA, o que lhe permite responder com firmeza aos anseios e aspirações dos angolanos.
Caros Camaradas;
 
É a pensar nas populações de todo o país que devemos todos estar mobilizados no apoio indispensável ao nosso líder, que está a empreender reformas profundas, que requerem coragem e determinação, com vista o desenvolvimento sócio-económico e bem-estar das famílias angolanas.
 
Por isso, exortamos todos os militantes, amigos e simpatizantes do MPLA, de Cabinda ao Cunene a serem exemplares, cumprindo com rigor o código de ética partidária e as leis vigentes na República de Angola.
 
Prova clara que não há retrocessos. Por isso, o Camarada Presidente João Lourenço, aquando da sua mensagem sobre o estado da Nação, reafirmou e eu cito; “O nosso foco continua a ser a boa governação, a defesa do rigor e da transparência em todos os actos públicos, a luta contra a corrupção e a impunidade, a reanimação e diversificação da economia, o resgate dos valores da cidadania e a moralização da sociedade no seu todo, bases indispensáveis para se garantir o progresso social e o desenvolvimento sustentável do país”.
 
Há aqui, uma clara vontade política, um compromisso com a pátria no sentido de continuarmos a colocar em prática e com rigor os nossos lemas: MPLA e os novos desafios; MPLA, melhorar o que está bem, corrigir o que está mal.
 
Camaradas;
 
Vivemos tempos que requerem disciplina, coerência, comprometimento dos nossos militantes, unidade e coesão das nossas estruturas a todos os níveis, para vencermos os desafios políticos que se avizinham.
 
Todavia, devemos reforçar cada vez mais a inserção do Partido na sociedade. Temos de continuar a ser um Partido atento e aberto à sociedade nos tempos que correm, inovando sempre a nossa acção de fazer política.
 
Camaradas;
 
Nesta manhã, quero assegurar a todos os presentes e os que nos ouvem, que há um trabalho árduo que está a ser feito pelo nosso Presidente João Lourenço, para melhorar a situação que o país atravessa, olhando para o futuro com confiança e optimismo.
 
Auguramos com esperança em dias melhores, juntando sinergias para que a curto, médio e longo prazos tenhamos mais acesso a energia e água potável, saúde, educação, pão na mesa, empresários fortes, uma economia robusta, mais transportes públicos e uma justiça mais célere.
 
Hoje quero pedir a todos, à luz dos apelos do Camarada Presidente, de que, ali onde estivermos sejamos os primeiros a fiscalizar aqueles que prestam serviços públicos e a combater as más práticas.
 
Camaradas;
 
Apelamos aos quadros, amigos e simpatizantes do MPLA, a desenvolver um trabalho de proximidade e intenso, colocando todo o seu talento e saber necessário no desenho das estratégias criativas e inovadoras para a acção política.
 
O nosso trabalho político e de mobilização não deve ser feito apenas no fim-de-semana, tem que constituir uma acção inteligente, diária e ousada, resultante de um estudo da realidade, do contexto e do perfil dos cidadãos a serem mobilizados, mas sobretudo, melhorarmos sempre a qualidade do conteúdo da nossa mensagem.
 
Temos de continuar a fazer ingressos de novos militantes e a ganhar novos amigos e simpatizantes. Neste particular, a província de Luanda deve se destacar, por ser a maior praça eleitoral do País. Razão do apoio incessante da Direcção do MPLA e este acto é uma prova evidente.
 
Precisamos continuar a aprimorar cada vez mais as nossas estatísticas, a nossa base de dados, de modo a saber como e aonde estão os nossos militantes, e qual tem sido o seu contributo em prol do Partido e desenvolvimento das comunidades.
Devemos também proceder ao estudo dos discursos do Líder do MPLA e cumprir escrupulosamente com as orientações do Partido.
 
Caros camaradas;
 
Temos de comunicar mais, e de forma mais eficaz e eficiente com os militantes, simpatizantes e amigos do MPLA, sem esquecermos a necessidade de aproveitarmos bem as redes sociais, que nos oferecem inúmeras vantagens para a mobilização e para o combate político.
 
O MPLA está sempre pronto para o diálogo e para o combate político, venha quem vier. Pois, nós somos milhões e contra milhões, ninguém combate e quem tentar, será vencido.
 
Neste desafio contamos com a família MPLA para vencermos os desafios do presente e do futuro.
 
Que Deus nos abençoe.
A luta continua e a vitória é certa.
Muito obrigada.
 
/www.mpla.ao

Veja todas as notícias