ÁFRICA DO SUL: Dirigentes do MPLA cursam gestão de partidos políticos

O ciclo formativo iniciou, 5ª feira (05), em Joanesburgo, com a participação do ANC, FRELIMO, SWAPO, CHAMA-CHÁ MAPINDUZI e ZANU-PF.

Portal MPLA, 09 ABRIL 18 (2ª FEIRA) – Dirigentes e responsáveis do aparelho central do MPLA estão a participar, desde quinta-feira (05), na cidade de Joanesburgo, África do Sul, num curso de gestão de partidos políticos, referente ao ano de 2018, destinado às forças políticas que governam em Angola, na África do Sul, em Moçambique, na Namíbia, na Tanzânia e no Zimbabwe.

Esse ciclo de formação e de interacção político-ideológica terá a duração aproximada de 25 dias e vai abordar os principais desafios que o MPLA, o ANC, a FRELIMO, a SWAPO, o CHAMA-CHÁ MAPINDUZI e a ZANU-PF, respectivamente, enfrentam, tanto no plano interno, dos seus países, como externo, a nível da região austral do continente africano e do resto do Mundo.

As aulas, ministradas através de palestras, seminários, visitas guiadas a instituições de interesse político-partidário e da troca de experiências, decorrem sob a égide da Unidade de Educação e Formação do ANC.

O grupo representante do MPLA é chefiado pelo director do Departamento de Organização e Mobilização do Comité Central, camarada Amaro Nguengo, membro do CC.

Dele fazem parte os camaradas Guida de Almeida, chefe de Divisão de Formação do Departamento para a Política de Quadros do CC, Adélia de Carvalho, formadora do Centro de Formação do Partido, Bernardo Catoto, secretário para as Relações Internacionais da JMPLA, todos membros do Comité Central do Partido e Leonel Martins, chefe de Divisão de Propaganda e Marketing do DIP do CC.

/LM/AB

Veja todas as notícias