AGENDA DO PR: Toque simbólico

O Camarada Presidente José Eduardo dos Santos deu início, sábado (11), ao enchimento da albufeira da Barragem de Laúca, na província de Malanje. 

 

Laúca, 13 MARÇO 17 (2ª FEIRA) - Um toque simbólico no comando para o fecho do túnel n.º 2 do desvio do Rio Cuanza, pelo Presidente da República de Angola, Camarada José Eduardo dos Santos, Titular do Poder Executivo, marcou, sábado (11), o começo do processo de enchimento da albufeira da Barragem Hidroeléctrica de Laúca, na província de Malanje, norte do País.

Em pouco menos de três segundos, o Chefe de Estado fez esse procedimento, que permite o curso normal da água à albufeira, a ser enchida em quatro fases, até 2018. A primeira fase vai de 11 de Março a 13 de Março, a segunda de 13 de Março a 12 de Abril, a terceira de 12 de Abril a 12 de Julho e a última de 12 de Julho até 2018.

Com uma altura de 156 metros, mil e 200 metros de comprimento e com uma área de 24 mil hectares, incluindo a albufeira, a Barragem de Laúca, a terceira em construção no leito do Rio Cuanza, tem capacidade para dois mil e 70 megawatts e é o maior projecto de engenharia civil e mecânica de Angola.

Localizada a 47 quilómetros do Aproveitamento Hidroeléctrico de Capanda, situada em Malanje, tem um investimento de 4,5 mil milhões de dólares, envolvendo a construção, produção, fornecimento e colocação em serviço do sistema de transporte de energia.

PortalMPLA/AB

Foto: Angop

 

Veja todas as notícias