BP DO MPLA: Declaração sobre o Dia do Antigo Combatente em Angola

Documento divulgado nesta 3ª feira, em Luanda, por ocasião do 15 de Janeiro.

PortalMPLA, 15 JANEIRO 19 (3ª FEIRA) – “Pela celebração, nesta terça-feira, 15 de Janeiro de 2019, em Angola, do DIA DO ANTIGO COMBATENTE, o Bureau Político do MPLA rende profunda homenagem a todos aqueles que, na sua condição de guerrilheiros, participantes da luta clandestina ou presos políticos das então cadeias coloniais portuguesas, viabilizaram a proclamação da Independência Nacional, em 11 de Novembro de 1975.

O MPLA destaca o papel desempenhado pelo antigo combatente, num passado recente da história de Angola, como o cidadão que, sob a direcção organizada de um movimento de libertação nacional ou integrando células ou grupos activos da clandestinidade, tenha prestado a sua contribuição voluntária e patriótica à Luta de Libertação contra o colonialismo português, até à conquista da Independência de Angola.

O MPLA considera prioritário que o Executivo e toda a sociedade angolana continuem a promover acções de índole política, económica, social e cultural, em prol dos antigos combatentes, no propósito de dignificá-los, pela sua indiscutível contribuição à luta pela autodeterminação do povo angolano, garantindo-lhes, essencialmente, uma pensão mensal, independentemente de terem ou não algum vínculo laboral.

O MPLA continuará a apoiar o movimento associativo dos antigos combatentes e veteranos da Pátria, devendo merecer uma atenção especial a organização aglutinadora de todas as associações criadas por este grupo-alvo, para que seja facilitada a concertação permanente com as instituições do Estado, vocacionadas para o efeito.

Na senda da Política Nacional do Antigo Combatente e do Veterano da Pátria, o MPLA continuará a trabalhar na consolidação dos sistemas de segurança social instituídos, de forma a melhorar a qualidade da prestação de serviços a essa importante franja do povo angolano, aprimorando, igualmente, os mecanismos que permitam a efectiva implementação dos seus direitos e deveres, previstos por lei.

15 DE JANEIRO – A CHAMA DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

MPLA – MELHORAR O QUE ESTÁ BEM, CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA

A VITÓRIA É CERTA.

Luanda, 15 de Janeiro de 2019.

O BUREAU POLÍTICO DO MPLA”.

/www.mpla.ao

Veja todas as notícias