BP DO MPLA: Declaração sobre o Dia dos Mártires da Repressão Colonial

O Bureau Político encorajou, nesta 6ª feira (04), ao desincentivo e punição dos actos que lesem os superiores interesses de Angola. PortalMPLA, 04 JANEIRO 18 (6ª FEIRA) – “Cinquenta e oito anos depois do tristemente célebre Massacre da Baixa de Cassanje, perpetrado, a quatro de Janeiro de 1961, nos territórios fronteiriços das actuais províncias da Lunda-Norte e de Malanje, pelas então autoridades coloniais portuguesas, o Bureau Político do MPLA expressa o seu renovado reconhecimento ao povo angolano, heróico e generoso, que continua a manter acesa a chama gloriosa da Independência Nacional de Angola.

Neste quatro de Janeiro de 2018, em que o País rememora o DIA DOS MÁRTIRES DA REPRESSÃO COLONIAL, o MPLA considera que o melhor tributo a ser dado pela sociedade angolana, particularmente pelas novas gerações, às milhares de vítimas da Baixa de Cassanje é o de fazer florescer os ricos campos desta imensa Angola, cujos cidadãos e famílias são o seu primeiro e mais importante activo.

Para o MPLA, as políticas económicas não fazem qualquer sentido se não contribuírem para o aumento do bem-estar e da melhoria da qualidade de vida do povo angolano, pois que o seu desenvolvimento integral estará sempre no centro das atenções do Executivo, liderado pelo Camarada Presidente João Lourenço, numa aposta assente em mais oportunidades para os jovens, na protecção e valorização do papel dos idosos e das crianças e na promoção das famílias, como pilar da Nação.

O MPLA defende a contínua aplicação das políticas de apoio às famílias, dando prioridade àquelas em situação de pobreza extrema, ao combate à violência doméstica e à protecção dos grupos mais vulneráveis, nomeadamente, as crianças, os idosos, os deficientes e os desempregados, intensificando o empreendedorismo, para a participação qualificada dos seus sujeitos no desenvolvimento de Angola.

Neste quadro, o combate contra todas as formas de corrupção continuará no topo das acções vitais do MPLA, pelo que o Bureau Político do Partido encoraja o Titular do Poder Executivo e os órgãos afins a continuarem com as acções que visam desincentivar e punir os actos que lesem os superiores interesses do País.

O ano que acaba de começar continuará a ser bastante desafiante para o povo angolano e o MPLA tem a plena certeza de que, em conjunto com todas as forças vivas da Nação, o Executivo saberá divisar os melhores caminhos para a diversificação da economia, para o aumento da produção interna de bens e de serviços essenciais, para o crescimento das exportações e consequente arrecadação de divisas e para uma maior oferta de emprego.

O Bureau Político do MPLA aproveita o ensejo para, na actual fase de reformas políticas e económicas que o País vive, dar especial relevo à entrega e à dedicação do Chefe de Estado, Camarada João Lourenço, que se traduzem na busca das melhores soluções para a realização dos diversos programas, gizados para a melhoria das condições de vida dos cidadãos.

MPLA – MELHORAR O QUE ESTÁ BEM, CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA

A VITÓRIA É CERTA.

Luanda, 04 de Janeiro de 2019.

O BUREAU POLÍTICO DO MPLA”.

/www.mpla.ao

Veja todas as notícias