BP DO MPLA reitera combate cerrado contra a violência doméstica em Angola

Declaração sobre o Dia da Mulher Angolana, divulgada neste sábado (02).

PortalMPLA, 03 MARÇO 19 (SÁBADO) – “No momento em que o País assinala, neste sábado, dois de Março de 2018, o DIA DA MULHER ANGOLANA, o MPLA reitera o seu compromisso de continuar a lutar para fortalecer o seu papel na vida política, económica e social nos diferentes escalões, de modo a reduzir as diferenças de género, que ainda se fazem sentir.

No domínio específico da violência doméstica, cujas cifras são preocupantes em Angola, o MPLA declara que continuará a envidar todo o seu esforço para, em conjunto com as demais instituições públicas e privadas, prevenir e reprimir crimes dessa índole, em que a mulher é a principal vítima, com todos os males que daí advêm.

O MPLA defende uma política que assegure a efectiva emancipação e promoção da mulher, incentivando o fim do analfabetismo no seu seio, promovendo a igualdade de oportunidades nas políticas de emprego, a conciliação da sua vida profissional e familiar, valorizando, igualmente, a função social da maternidade, para uma melhor participação no desenvolvimento do País.

Nesta data, o MPLA estende o seu abraço fraterno à mulher rural, pela sua relevância específica na história de Angola e pelo seu papel determinante no seio da família angolana e no sistema de produção agrícola familiar, que tem garantido uma alimentação pura e revigorante a inúmeros lares do País.

Como disse o Camarada João Lourenço, no seu discurso de tomada de posse, ao cargo de Presidente da República de Angola, em 26 de Setembro de 2017, ‘as mulheres são outra importante franja da nossa sociedade, que deve merecer a nossa atenção particular.

A importância da mulher é tal que as famílias e as comunidades se ressentem com a sua ausência ou com a sua pequena representação em órgãos de decisão’.

Uma palavra de estima é dirigida à OMA, organização feminina do MPLA, pelo seu papel em prol da estruturação das famílias angolanas e do bem-estar das populações, em geral e que tem contribuído na igualdade de género e no empoderamento das mulheres, como factor vital para a melhoria das condições económicas, sociais e políticas em Angola.

MPLA – MELHORAR O QUE ESTÁ BEM, CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL

PAZ, TRABALHO E LIBERDADE

A LUTA CONTINUA

A VITÓRIA É CERTA.

Luanda, 02 de Março de 2019.

O BUREAU POLÍTICO DO MPLA”.

/www.mpla.ao

Veja todas as notícias