Cuanza-Sul: Dirigente esclarece sobre modo de renovação no MPLA

O secretário do Bureau Político do Comité Central para a Política Económica e Social, camarada Manuel Nunes Júnior, inaugurou duas sedes de CAP’s, nos arredores da cidade do Sumbe. 


Sumbe, 26 AGOSTO 15 (4ª FEIRA) - O secretário do Bureau Político do Comité Central do MPLA para a Política Económica e Social, camarada Manuel Nunes Júnior, na foto, trabalhou, recentemente, na cidade do Sumbe, na qualidade de coordenador do Grupo de Acompanhamento do Secretariado do BP à província do Cuanza-Sul (Na foto, ao inaugurar sedes de CAP’s, nos arredores da capital local).
No final do seu trabalho, aquele dirigente falou aos dirigentes, responsáveis, quadros e demais militantes do Partido, sobre a importância da realização do 7º Congresso Ordinário do MPLA, a ter lugar de 17 a 20 de Agosto de 2016, em Luanda.
Segundo disse, o Congresso vai “balancear, de forma analítica e crítica, o que fizemos desde 2009, para que tenhamos um diagnóstico que sirva de base para traçar a estratégia face aos desafios do futuro”.
A par disso, referiu ser necessário “renovar os órgãos do Partido, em 45 por cento, com militantes altamente qualificados e capazes de acompanhar e interpretar os fenómenos políticos, económicos e sociais da actualidade e tendo em conta, também, a manutenção da unidade e coesão interna para que o MPLA continue a ser Partido de vanguarda do povo angolano”.
Neste contexto, chamou a atenção para a observância das regras para que o processo orgânico seja um êxito, desde as assembleias nos CAP’s, passando pelas conferências comunais, municipais e provinciais, até ao Congresso Ordinário.
Ao encerrar a sua estadia na província do Cuanza-Sul, o coordenador do Grupo de Acompanhamento do SBP inaugurou duas sedes de CAP’s, nos arredores da cidade do Sumbe, construídas de raiz e já devidamente apetrechadas.
PortalMPLA/JAG/AB
Foto: AS

Veja todas as notícias