DIRECÇÃO DO MPLA recebe cumprimentos de ano novo

A vice-presidente, camarada Luísa Damião, exortou, nesta 4ª feira (09), em Luanda, à união e coesão no seio do Partido.

PortalMPLA, 09 JANEIRO 19 (4ª FEIRA) – A vice-presidente e o secretário-geral do MPLA, camaradas Luísa Damião e Boavida Neto, respectivamente, receberam, nesta 4ª feira (09), em Luanda, cumprimentos de ano novo 2019, da parte de dirigentes, responsáveis, quadros e funcionários do aparelho central do Partido e das organizações feminina, juvenil e associadas do Partido.

(Na foto, momento em que o camarada Lopo do Nascimento, antigo SG do MPLA, cumprimentava a VP Luísa Damião).

Honraram com a sua presença, nessa cerimónia, os camaradas Roberto de Almeida, ex-vice-presidente do Partido, Lopo do Nascimento, Dino Matrosse e Paulo Kassoma, antigos secretários-gerais, num acto que é tradicional no Partido e que – como disse Luísa Damião – “permite redobrar a aproximação e empatia entre os dirigentes, quadros, responsáveis e funcionários do Partido, dependências e das organizações sociais e associadas”.

Ao discursar perante os participantes, a vice-presidente do Partido qualificou de “tarefa prioritária” o reforço do papel dirigente do MPLA, para apoiar o líder do Partido, Camarada João Lourenço e o Executivo por si liderado, no grande desafio de melhorar o que está bem e corrigir o que está mal em Angola.

Segundo realçou, “o Partido deverá continuar a apoiar o Executivo, na criação de condições para que o País dê um salto, em relação ao aumento da oferta de bens e serviços e à geração de empregos” e, de igual modo, reforçar a sua relação com a sociedade civil para “consolidar o processo de construção de uma sociedade cada vez mais democrática, justa e inclusiva”.

Nessa esfera, apelou a toda a família MPLA a cerrar fileiras em torno das ideias estratégicas do Camarada Presidente João Lourenço e manter a união e coesão no seio do Partido, com vista à materialização do seu Programa de Governo, aprovado nas Eleições Gerais de 23 de Agosto de 2017.

Essa mesma família, à qual exortou para que continue a trabalhar, “para moralizar a nossa sociedade, com bons exemplos, comportamentos e atitudes, engajando, para o efeito, todos os actores sociais e afirmando, cada vez mais, a nossa cidadania”.

/AB

/Foto: DG

Veja todas as notícias