Cunene: Trinta ex-militantes da UNITA juntam-se ao MPLA

O acto oficial de ingresso aconteceu segunda-feira (24), na povoação de Ofenda, município de Namacunde. Na foto, festa de recepção de novos militantes, no Cunene.

Namacunde, 25 AGOSTO 15 (3ª FEIRA) - Trinta ex-militantes da UNITA ingressaram, segunda-feira (24), na povoação de Ofenda, município de Namacunde, nas fileiras do MPLA (na foto, festa de recepção de novos militantes, no Cunene).
O acto oficial de ingresso foi orientado pelo primeiro-secretário do Comité Municipal de Namacunde do MPLA, camarada Silvestre Gaudêncio, que referiu que o Partido continua de braços abertos, para receber todos os cidadãos que queiram contribuir para o progresso e o desenvolvimento de Angola.
Ao felicitar os novos militantes que, segundo eles próprios, compreenderam que “o MPLA é a garantia do bem-estar das populações” angolanas e daquelas que vivem no país, Silvestre Gaudêncio felicitou-os pela sua “coragem e determinação”, pelo facto de terem abraçado os ideais da paz, do trabalho, da solidariedade e da justiça social.
O município de Namacunde, dista 35 quilómetros a sul da cidade de Ondjiva, capital da província do Cunene. Tem uma população estimada em 143 mil e 900 habitantes, distribuídos em duas comunas.

Procedimentos de admissão no MPLA

Segundo os Estatutos do MPLA, os cidadãos angolanos que tenham estado filiados noutros partidos políticos, ou em organizações políticas adversas, podem ingressar no Partido.
Para tal, devem apresentar, individualmente, a sua candidatura à organização de base do local de residência, ou à qualquer Comité do Partido, no escalão imediatamente superior.
PortalMPLA/AB

Veja todas as notícias