Dois anos sem o camarada Paulo Teixeira Jorge

Completam-se nesta terça-feira (26) dois anos desde o falecimento do camarada Paulo Teixeira Jorge, na altura membro do Bureau Político do MPLA e secretário para as Relações Internacionais.
Quando da sua morte, aos 81 anos de idade, acabava de regressar ao país, proveniente de Nova Iorque (EUA), depois de mais uma das suas inúmeras missões de serviço, em prol da defesa da causa angolana e dos ideais de justiça, solidariedade e fraternidade entre os povos.
Nacionalista de fortes e grandes convicções, já na década de 1950, o camarada Paulo Jorge fez parte do restrito grupo de patriotas que, de forma organizada, se batiam por uma Angola liberta e pela dignidade do povo angolano.
Tendo-se assumido simpatizante do MPLA, em Novembro de 1957 e formalizado a sua militância, em Outubro de 1962, Paulo Jorge foi detentor de uma trajectória política irrepreensível e invejável, na luta pela liberdade e pela democracia, em Angola e no Mundo.
Nestes dois anos de eterna saudade, o Portal ÉME rende-lhe profunda homenagem e exalta as suas qualidades de político esclarecido, de exímio diplomata, de humanista e, sobretudo, de defensor de causas justas.
São dele as seguintes palavras: “O MPLA nasceu para vencer e não para ser vencido”, ditas num comício popular na cidade do Uíge (norte do país), ainda quando Angola enfrentava uma guerra imposta e desigual, que a destruiu por completo.

Veja todas as notícias