Ecos da Cimeira dos Grandes Lagos: Museveni com o MPLA

O Presidente da República do Uganda rememorou (15), na capital angolana, encontros mantidos com o saudoso Camarada Agostinho Neto e com outros dirigentes do Movimento Popular de Libertação de Angola.

 

Luanda, 15 JANEIRO 14 – Na abertura, nesta quarta-feira (15), em Luanda, da Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL), o Presidente do Uganda, Yoweri Museveni, declarou que sempre trabalhou com o MPLA, nomeadamente quando os angolanos lutavam pela sua autodeterminação e independência.

Museveni, que acaba de passar as pastas da Presidência da CIRGL ao Chefe de Estado angolano, Camarada Presidente José Eduardo dos Santos, para um mandato de dois anos, disse que privou, na Tanzânia e noutros países da região, com os dirigentes do Movimento Popular de Libertação de Angola, que combatia para a conquista da independência do país. 

O estadista ugandês referiu, a título ilustrativo, os variados encontros de concertação e de trabalho mantidos, então (década de 1960), com o saudoso Presidente Doutor Agostinho Neto e com o camarada Américo Boavida, médico responsável dos Serviços de Saúde do Movimento, “que veio a falecer depois”, em combate, no leste de Angola, no ano de 1968.

PortalMPLA/AB

Veja todas as notícias