HUAMBO: Cento e 36 militantes da UNITA entram no MPLA

O acto oficial de ingresso teve lugar, sábado, 08, no município de Catchiungo, sob orientação do 1.º secretário do CPP, camarada João Baptista Kussumua (foto).

Catchiungo, 13 JULHO 17 (5ª FEIRA) - Cento e 36 ex-militantes da UNITA ingressaram, no último fim-de-semana (08), na povoação Nondolo, município do Catchiungo, nas fileiras do MPLA, em acto político de massas orientado pelo primeiro-secretário do Comité Provincial do Partido, camarada João Baptista Kussumua.

Na carta de renúncia, lida pelo cidadão Lote Segunda, os dissidentes da UNITA afirmaram ter tomado a decisão de ingressar no MPLA de forma voluntária, por reconhecerem que este partido tem maturidade política suficiente para resolver os problemas do povo angolano.

Em resposta, o primeiro-secretário do Comité Provincial do Partido disse ser fundamental o MPLA vencer as Eleições Gerais, de 23 de Agosto próximo, para renovar o seu compromisso para com o povo angolano, no prosseguimento do seu propósito de continuar a lutar pelo desenvolvimento de Angolas e pelo bem-estar dos seus cidadãos.

A sede do município de Catchiungo dista 90 quilómetros a norte da cidade do Huambo, centro-sul de Angola.

(Na foto, momento da entrega do Cartão de Militante do MPLA, pelo 1.º secretário do CPP, camarada João Baptista Kussumua, à esquerda).

PortalMPLA/AB

Veja todas as notícias