HUAMBO: Cento e seis militantes da UNITA ingressam no MPLA

A cerimónia ocorreu, domingo (19), no município de Tchikala-Tcholohanga.

 

Tchikala-Tcholohanga, 21 FEVEREIRO 17 (3ª FEIRA) – Cento e seis ex-militantes da UNITA, sendo 44 homens e 62 mulheres, ingressaram, domingo (19), no município de Tchikala-Tcholohanga, nas fileiras do MPLA, devido – como disseram - à transparência do seu Programa de Governo e ao diálogo existente entre os seus dirigentes e restantes militantes.  

No momento do ingresso, aqueles cidadãos disseram, em mensagem: “A nossa saída não foi por obrigação dos dirigentes do MPLA, mas porque temos consciência de que o desenvolvimento e o bem-estar da população passam, fundamentalmente, por uma boa escolha dos governantes. E é por esta razão que elegemos o MPLA, por ser o único capaz de levar Angola ao progresso e à reconciliação nacional”.

Ao dar as boas-vindas aos novos membros, o primeiro-secretário do Comité Provincial do Huambo, João Baptista Kussumua, orientou ao reforço da acção do Partido na província, para que o conjunto dos cidadãos mantenha o voto de confiança ao MPLA e ao seu candidato a Presidente da República de Angola, camarada João Lourenço.

A sede do município de Tchikala-Tholohanga dista 42 quilómetros a nordeste da cidade do Huambo.

(Na foto, cerimónia recente de adesão às fileiras do MPLA, também na província do Huambo).

PortalMPLA/AB

 

Veja todas as notícias