Huambo: Quatrocentos e 46 ex-membros da UNITA ingressam no MPLA

O acto de adesão decorreu sábado (23) na Ombala Chicunda, no município do Bailundo, sob orientação do 1º secretário do Comité Provincial do Partido, camarada Kundi Paihama, na foto à esquerda, com um novo militante.  

 

Bailundo, 26 JULHO 16 (3ª FEIRA) – Quatrocentos e 46 ex-militantes da UNITA, residentes na Ombala Chicunda, comuna de Hengue, município do Bailundo, abandonaram sábado (23) esta formação partidária e decidiram ingressar nas fileiras do MPLA.

No acto de ingresso, orientado pelo primeiro-secretário do Comité Provincial do Huambo do MPLA, camarada Kundi Paihama (na foto à esquerda, com um novo militante), os antigos membros da UNITA declararam que a abandonaram “por estarem cansados de mentiras e de programas inviáveis”.

Por isso, confirmaram que a decisão foi tomada de forma individual e juraram fidelidade ao Programa e aos Estatutos do MPLA, para a consolidação da paz e da democracia em Angola.

No mesmo dia, o Governo da província fez a entrega de uma nova ponte à população da Ombala Chicunda, onde foi lançada, também, a primeira pedra para a construção de um novo Posto de Saúde.

A sede do município do Bailundo dista 160 quilómetros a norte da cidade do Huambo, centro de Angola.

Segundo os Estatutos do MPLA, os cidadãos angolanos que tenham estado filiados noutros partidos políticos, ou em organizações políticas adversas, podem ingressar no Partido.

Para tal, devem apresentar, individualmente, a sua candidatura à organização de base do local de residência, ou à qualquer Comité do Partido, no escalão imediatamente superior.   

PortalMPLA/AB

Foto: Angop

Veja todas as notícias