HUÍLA: Governo exige práticas funcionais para o desenvolvimento local

A vice-governadora para o sector Político, Económico e Social, Maria Chipalavela (foto), abriu, 5ª feira (11), em Cacula, encontro dos administradores municipais.

 

PortalMPLA, 12 JANEIRO 18 (6ª FEIRA) - A vice-governadora provincial da Huíla para o Sector Político, Económico e Social, camarada Maria Chipalavela, na foto, orientou, quinta-feira (11), no município de Cacula, o 2.º Encontro dos Administradores Municipais, aos quais orientou a adopção de práticas para o desenvolvimento local, a boa governação e a consolidação do processo de democratização.

Ao intervir no acto, aquela governante esclareceu que o Governo da província está engajado a realizar os seus actos com transparência, para facilitar a resolução dos problemas do povo com maior rapidez, para a devida confiança das comunidades.

Maria Chipalavela recomendou aos administradores municipais para abraçarem o modelo de gestão participativo, em que os cidadãos possam dar a sua contribuição, visando o desenvolvimento sustentável da província e do País, em geral.

Um primeiro encontro do género, de troca de experiências entre os administradores municipais da província, teve lugar a 13 de Dezembro de 2017, na cidade do Lubango.

A província da Huíla, sudoeste de Angola, cuja capital é a cidade do Lubango, é constituída por 14 municípios, designadamente, Caconda, Cacula, Caluquembe, Chiange, Chibia, Chicomba, Chipindo, Cuvango, Humpata, Jamba, Lubango, Matala, Quilengues e Quipungo.

Sede Nacional do Partido/JC/AB

Veja todas as notícias