HUÍLA: VP do MPLA conclui Jornada Política Aberta com grandioso comício popular

A camarada Luísa Damião deu boa nota, neste sábado (13), na cidade do Lubango, à acção governativa na província.

PortalMPLA, 13 ABRIL 19 (SÁBADO) – Depois de uma “Jornada Política Aberta” de três dias na província da Huíla, a vice-presidente do MPLA, camarada Luísa Damião, despediu-se neste sábado (13) da população local, com a realização de um grandioso comício popular, no Pavilhão Multiusos da Nossa Senhora do Monte, na cidade do Lubango, em que foi a principal oradora.

Nesse acto político de apoio ao 7.ºCongresso Extraordinário do MPLA, aprazado para 15 de Junho próximo em Luanda, Luísa Damião apresentou um discurso bastante apelativo, no qual valorizou as manifestações de apoio da massa militante em relação à preparação e realização do 7.º Congresso Extraordinário do Partido, que visa dotá-lo de “uma maior dinâmica e robustez, necessária à altura dos enormes desafios políticos, económicos e sociais e, principalmente, à implementação, pela primeira vez, das autarquias locais”.

De igual forma, enalteceu o facto de os militantes da Huíla terem saudado inequivocamente o processo de realização de eleições internas para a selecção de candidatos do MPLA, no âmbito da realização do processo de institucionalização das autarquias locais.

“Estas constituem tarefas prioritárias, para as quais os nossos militantes, simpatizantes e amigos devem contribuir e assumir com responsabilidade a liderança, de modo a garantir a vitória do MPLA e, por essa via, a materialização do grande legado de Neto, segundo o qual “o mais importante é resolver os problemas do povo” – sustentou.

Sobre a acção governativa local, a vice-presidente do MPLA referiu que, “apesar dos constrangimentos, congratulamo-nos com os avanços registados na província da Huíla, no domínio da energia eléctrica, habitação, novas infra-estruturas para o ensino superior e as infra-estruturas integradas na cidade do Lubango, o que trará benefícios para as populações”.

Oito mil residências estão concluídas na nova Centralidade da Quilemba, que vão beneficiar cerca de 47 mil cidadãos, possibilitando a concretização, para os beneficiários, do sonho da casa própria, nomeadamente os jovens, que terão uma quota considerável. Na mesma senda, anunciou a boa nota do MPLA à acção do Governo, no fornecimento de energia eléctrica à província, visando ultrapassar os constrangimentos de ordem técnica, que se verificam ainda na Central Hidroeléctrica da Matala e nas centrais térmicas da Arimba e do Lubango.

Segundo disse, “são enormes os desafios que ainda temos que vencer, mas anima-nos os passos que estão a ser dados na materialização do programa de governação do MPLA pelo Executivo, tendo sempre presente o bem-estar do povo angolano”.

“A realização do sonho e as aspirações do nosso povo, alicerçados nos ideais dos nossos pais, que nos legaram a Independência na perspectiva de uma Angola de bem-estar, não podem, jamais, ser adiados”, realçou a dirigente.

/www.mpla.ao

/AB

Veja todas as notícias