JOÃO LOURENÇO: “Onde há estradas, há desenvolvimento”

O candidato do MPLA exaltou, nesta 3ª feira (15), as características particulares da província do Cuanza-Sul, propícias para o desenvolvimento de Angola.

Luanda, 15 AGOSTO 17 (3ª FEIRA) – No grande comício da cidade do Sumbe, nesta terça-feira (15), o candidato do MPLA a Presidente da República de Angola, Camarada João Lourenço, reiterou que “a principal tarefa do Executivo, que sair das Eleições Gerais, de 23 de Agosto, será trabalhar, sobretudo, no desenvolvimento económico e social do nosso País”.

A província do Cuanza-Sul, com características particulares, como as suas duas estradas nacionais, a que liga o norte ao sul do País e a que liga o litoral ao centro e sudeste, conforma-se, perfeitamente, à ideia, segundo a qual “onde há estradas, há desenvolvimento”- segundo fez reflectir João Lourenço.

O futuro Chefe de Estado angolano recordou, ainda, que a província do Cuanza-Sul situa-se entre dois portos comerciais, o de Luanda e o do Lobito, respectivamente e que tem dois grandes rios, o Longa e o Keve, cujas margens podem impulsionar o agronegócio e alimentar Angola, o que lhe atribui uma grande importância no processo de desenvolvimento do País.

Por essas e outras potencialidades, Cuanza-Sul tem tudo para contribuir, de forma brilhante, para a realização do desejo do MPLA, de arrancar já com o desenvolvimento multifacético de Angola, depois de já concluída a reconstrução do País, que havia sido destruído, na sua totalidade, pela guerra imposta pelos inimigos da paz.

PortalMPLA/JN/AB

Veja todas as notícias