JOÃO LOURENÇO: Presidente José Eduardo dos Santos é “muitas vezes injustiçado”

O candidato do MPLA elogiou, nesta 4ª feira (21), em Luanda, a generosidade e o humanismo do Arquitecto da Paz, na foto.

Luanda, 21 JUNHO 17 (4ª FEIRA) – O candidato do MPLA a Presidente da República de Angola, Camarada João Lourenço, declarou, nesta quarta-feira, 21, em Luanda, que o Presidente José Eduardo dos Santos, Arquitecto de Paz (foto), é um grande estadista, magnânimo e humanista, “muitas vezes injustiçado”.

Ao falar aos antigos combatentes e veteranos da Pátria angolana, lembrou que a longa noite escura de sofrimento e de destruição terminou a quatro de Abril de 2002, com a conquista da paz, “graças ao espírito magnânimo e humanista de um grande estadista, muitas vezes injustiçado, o Presidente José Eduardo dos Santos, o Arquitecto da Paz”.

Segundo sublinhou, “se os angolanos hoje convivem em plena harmonia, reconciliados uns com os outros, se temos o País ligado por terra e em plena reconstrução das suas infra-estruturas, se gradualmente se está a investir na construção de mais estabelecimentos escolares, universidades, unidades hospitalares, centros de produção e redes de distribuição de água potável e energia, se conseguimos cultivar os campos e deles retirar cada vez mais alimentos para o nosso consumo e para a exportação, tudo isso deve-se ao bem mais precioso, que é a paz e a reconciliação entre nós”.

Humildade, sagacidade, coragem e entrega invulgar são qualidades que o Camarada Presidente José Eduardo dos Santos tem demonstrado ao longo da sua vida militante, características que o tornam num excepcional estadista do seu tempo, que está a levar a cabo a complexa missão de garante do funcionamento das instituições do Estado democrático de direito, premissa fundamental para o progresso de Angola.

PortalMPLA/AB

Veja todas as notícias