Luanda (23): OMA homenageia nacionalista Irene Neto

A destacada militante do MPLA completou, sábado, dia 21 de Fevereiro de 2015, 90 anos de idade. Na foto, a antiga dirigente, sentada.  

 

Luanda, 23 FEVEREIRO 15 (2ª FEIRA) - A Organização da Mulher Angolana (OMA) homenageou, sábado (21), em Luanda, a nacionalista, Irene Agostinho Neto, por ocasião do seu 90º aniversário natalício.

A cerimonia teve lugar no Complexo Turístico Paz Flor e foi prestigiada pela participação de membros da Direcção Central do MPLA, do Comité Provincial de Luanda do Partido, de deputados à Assembleia Nacional, de membros do Executivo, familiares e várias personalidades convidadas, que prestaram um verdadeiro tributo à ilustre combatente pela independência nacional de Angola, proclamada a 11 de Novembro de 1975.

Nessa cerimónia, há a destacar a presença da camarada Maria Eugénia Neto, viúva do Fundador da Nação angolana, o saudoso Presidente Agostinho Neto, irmão mais-velho da aniversariante.  

Abordado pelos jornalistas, o  vice-presidente do MPLA, camarada Roberto de Almeida, afirmou que  Irene Neto foi, é e será sempre uma militante activa, que deu o seu contributo à causa justa do povo angolano, de ser ver livre do jugo colonial português econquistar o seu futuro de bem-estar e de prosperidade.

Segundo testemunhou aquele dirigente, ainda na luta clandestina, Irene Neto apoiou bastante os presos políticos e demonstrou ser perspicaz, serena, dinâmica e destemida, deixando transparecer a sua grande determinação, na luta por causas nobres e na defesa dos interesses dos mais
desprotegidos.
Roberto de Almeida lembrou que Irene Neto conseguiu instruir, sensibilizar ideologicamente e mobilizar homens e mulheres, movendo-os contra o então sistema colonial/fascista português, que não poderia, de forma alguma, continuar a imperar em Angola.

A camarada Irene Agostinho Neto nasceu em 21 de Fevereiro de 1925, na vila angolana de Catete, município de Icolo e Bengo, província de Luanda, tendo ingressado no MPLA em 1961.

Em  1979, foi eleita coordenadora provincial de Luanda da OMA, organização feminina do MPLA, cargo que exerceu por vários anos.

PortalMPLA/ER/AB 

 

Veja todas as notícias