LUANDA: Militantes do MPLA na linha da frente contra o vandalismo

A 1ª secretária do distrito urbano da Sapú, camarada Maria Morais, exortou, 5ª feira (10), à denúncia dos destrutores dos bens públicos.

PortalMPLA, 11 JANEIRO 19 (6ª FEIRA) - A primeira-secretária do Comité do Distrito Urbano da Sapú (município do Kilamba-Kiaxi) do MPLA, camarada Maria Morais, na foto, declarou, 5ª feira (10), que os militantes do Partido devem estar na linha da frente na luta contra o vandalismo e pelo resgate dos valores morais e cívicos em Angola.

Aquela dirigente, que discursava na abertura da 3ª Reunião Plenária dessa estrutura intermédia do MPLA, exigiu dos militantes, simpatizantes e amigos do Partido e a cada um dos cidadãos do distrito a serem os primeiros a dar o exemplo de boa conduta social e a respeitarem os bens públicos, que têm sido destruídos por vândalos.

“Não podemos continuar a permitir que os nossos militantes sejam os promotores da desordem e da instabilidade pública.

Vamos denunciar todos aqueles que destroem os bens públicos, por serem património do povo” – atestou.

Isabel Morais apelou, por outro lado, à união, harmonia e ao patriotismo nas fileiras do MPLA, para que os militantes possam corresponder com zelo aos desígnios do Partido, de construir uma Angola próspera e detentora de cidadãos bem-educados.

Na ocasião, os participantes aprovaram uma moção, na qual encorajaram o Camarada João Lourenço, Presidente do MPLA e da República de Angola, a prosseguir no seu esforço de liderança do combate contra a corrupção e a impunidade e na resolução dos problemas do povo.

/ER/AB

Veja todas as notícias