LUANDA: OMA privilegia diálogo com a Jovem mulher

Luzia Inglês (foto) orientou, sábado (07), em Luanda, a 2ª Reunião Metodológica Nacional.

PortalMPLA, 10 JULHO 18 (3ª FEIRA) - A secretária-Geral da OMA, camarada Luzia Inglês Van-Dúnem, na foto, exortou, sábado, 07, em Luanda, as mulheres angolanas a participarem nas consultas públicas sobre as autarquias locais, marcadas para 2020.

O apelo foi lançado na 2ª Reunião Metodológica Nacional da OMA, que teve lugar no Complexo do Futungo II, em Luanda, onde participaram 145 membros.

Durante o encontro, foram analisados documentos basilares da organização feminina do Partido e definidas as estratégias para responder as exigências do momento, de acordo com a realidade de cada província.

No discurso de abertura, Luzia Inglês disse que a tarefa prioritária da OMA consiste na organização, preparação, mobilização e controlo das militantes, simpatizantes e amigas da organização, para participarem de forma efectiva nos processos autárquicos, ao nível dos Municípios.

“Devemos continuar a desenvolver esforços na mobilização de mulheres para a nossa Organização e prestar especial atenção a integração da jovem mulher na OMA”, frisou a dirigente.

A dirigente realçou os vários os desafios que as mulheres têm pela frente e, por isso, orientou que devem adoptar uma atitude proactiva, de modo a fortalecer a organização e defender os interesses mais nobres das angolanas.

Reconheceu a necessidade de se privilegiar o diálogo com as jovens e aproveitar o seu dinamismo, as suas ideias inovadoras, o seu entusiasmo e a criatividade em benefício da Organização da Mulher Angolana.

O encontro foi testemunhado pelo camarada Mário António, secretário do Bureau Político para a Política Social.

/ER/JC

Foto : DDS

Veja todas as notícias