LUNDA-NORTE/CAMPANHA 2017: Nova centralidade e infra-estruturas hospitalares

O Camarada João Lourenço enfatizou o facto, hoje, sábado (12), na cidade do Dundo, província da Lunda-Norte, durante o acto político de massas.

Dundo, 12 AGOSTO 17 (SÁBADO) - O candidato do MPLA a Presidente da República, Camarada João Lourenço anunciou hoje, sábado (12), no Dundo, que a província da Lunda-Norte, leste do país, vai ganhar, brevemente, a centralidade de Mussengue, com cerca de 5 mil habitações para as populações locais, muito particularmente, para os jovens que aspiram uma vida melhor.

João Lourenço, que discursava no comício popular que teve lugar na Praça Dr. António Agostinho Neto, na cidade do Dundo, capital da província, sublinhou que “em termos de habitação, o Governo do MPLA não vai ficar por aqui. Vai sim dar continuidade desses projectos para a construção de mais residências, nas sedes municipais”.

Aquele dirigente garantiu que a província da Lunda-Norte “vai ganhar, dentro de alguns dias, um novo hospital provincial e um novo centro materno-infantil, com todas as condições para o atendimento das nossas populações”.

Nessa senda, o candidato do povo e da juventude, referiu que o Executivo do MPLA continuará a trabalhar em prol deste povo, apontando com exemplo, o Aeroporto Kamakenzo, inaugurado, na passada quinta-feira (10), pelo Ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, o que constitui um ganho para a província da Lunda-Norte.

As crianças desta cidade, aquelas que têm mais de dez anos, viram a aterrar uma aeronave de transporte, o IL-76. Isso é obra do MPLA, no sentido de trazer o desenvolvimento para esta região do país”, disse o Camarada João Lourenço, que é também Vice-Presidente do Partido.

João Lourenço acrescentou que o Governo vai “procurar explorar e pôr ao serviço do povo e da economia, todos os meios de comunicação que sejam possíveis oferecer às nossas populações e à economia”.

PortalMPLA/MP/JN

Veja todas as notícias