MPLA 60 ANOS: Benguela atesta “testemunho sem deixar cair o facho”

O primeiro-secretário do Comité Provincial do Partido, camarada Isaac dos Anjos, na foto, orientou, sábado (10), no município da Baía-Farta, o acto central provincial. 

 

Cidade da Baía-Farta, 12 DEZEMBRO 16 (2ª FEIRA) – O primeiro-secretário do Comité Provincial de Benguela do MPLA, camarada Isaac dos Anjos, exaltou, sábado (10), na cidade sede do município da Baía-Farta, a coesão e a unidade no seio do Partido, para a superação dos desafios do presente e do futuro.

Aquele dirigente, que orientava o acto central provincial das comemorações do 60.º aniversário da fundação do MPLA, considerou que, face ao surgimento de novos cabeças-de-lista, para as próximas Eleições Gerais de 2017, os militantes vão unir-se, cada vez mais, em torno dessa etapa transitória.

“A retirada do Camarada José Eduardo dos Santos abre um ciclo de transição na liderança, que deve passar o testemunho sem deixar cair o facho”, declarou Isaac dos Anjos, que adiantou a sua certeza e de todos os militantes na vitória do MPLA, com maioria folgada.

Noutra vertente, o primeiro-secretário do CPP destacou a utilidade da Moção de Estratégia do Líder do MPLA, Camarada Presidente José Eduardo dos Santos, aprovada pelo 7.º Congresso Ordinário do Partido, realizado de 17 a 20 de Agosto último, que servirá de base à elaboração do Programa de Governo 2017/2022, na indicação das vias e metas para a satisfação das necessidades do povo angolano nesse período.

PortalMPLA/JC/AB

Veja todas as notícias