MPLA NO PARLAMENTO: Recuperação e reinício de relações

Reacção do Presidente do Grupo Parlamentar, camarada Américo Cuononoca, ao discurso, de 4ª feira (06), de Rebelo de Sousa.

PortalMPLA, 07 MARÇO 19 (5ª FEIRA) – O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu, quarta-feira (06), em Luanda, que a amizade que une os povos angolano e português não é uma entidade abstracta, porque existem nomes, rostos e percursos de vida que se cruzam hoje aos milhares, nos dois países e em todos as partes do Mundo.

O estadista luso discursava na sessão solene da Assembleia Nacional, no quadro da sua visita oficial de quatro dias a Angola, ante os deputados angolanos e entidades oficiais de ambos os países, na presença do Presidente João Lourenço.

Em reacção ao discurso, o presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, camarada Américo Cuononoca, sublinhou que as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa traduzem a recuperação daquilo que foi perdido, ao longo do tempo, nas relações bilaterais.

Aquele parlamentar referiu à necessidade de Angola e Portugal reencontrarem-se e fazerem com que a amizade, o respeito e, acima de tudo, a gratidão sejam, efectivamente, o lema para a cooperação, em benefício comum. “O que ele queria traduzir aos angolanos é a necessidade de se recuperar e reiniciar as relações que unem os dois povos, do ponto de vista histórico, linguístico e cultural” - observou.

/www.mpla.ao

/AB

Veja todas as notícias