MULHER ANGOLANA 2019: VP do MPLA elogia protagonismo da OMA

A camarada Luísa Damião incentivou hoje (02) a organização feminina do Partido a continuar na linha da frente.

PortalMPLA, 03 MARÇO 19 (SÁBADO) – A vice-presidente do MPLA, camarada Luísa Damião, encorajou a OMA a “continuar a assumir um maior protagonismo na sociedade e consolidar o seu papel de vanguarda, na luta pela estabilidade das famílias e pela educação patriótica, sobretudo da jovem mulher, na defesa dos valores do civismo, da urbanidade e da sã convivência”.

Aquela dirigente, que discursava neste sábado (02) no Acto Central, em Ndalatando, realçou que “nestes desafios, a Organização da Mulher Angolana deve estar na linha da frente, influenciando mudanças e mobilizando as mulheres, para a formação sistemática e funcional”.

Neste sentido, exortou à organização feminina do MPLA para que continue “a reforçar o seu papel na luta contra o analfabetismo, na promoção da formação político-ideológica e profissional, na educação para a saúde da mulher nas comunidades, no fortalecimento da cultura jurídica das mulheres e a incentivar o uso das novas tecnologias de informação e comunicação no seio das mulheres”.

Ainda neste capítulo, Luísa Damião exortou a OMA “a continuar na vanguarda da defesa da igualdade do género e do empoderamento da mulher e na construção das mudanças transformadoras e inovadoras, para o bem de toda a sociedade”.

“A OMA e seus parceiros deverão continuar a intensificar as suas acções de aconselhamento, educação e advocacia, a favor das mulheres em situação de vulnerabilidade, principalmente no que toca à saúde reprodutiva, na medida em que os dados demonstram que 20 por cento das mulheres com menos de 20 anos engravidam, algumas de forma precoce” – atestou.

Noutro ponto do seu discurso, Luísa Damião expressou a grande preocupação do MPLA, pelos muitos casos de violência doméstica, “que vão acontecendo um pouco por todo o País, o que deve mobilizar as instituições do Estado e a sociedade civil, para que os seus actores sejam denunciados e levados à justiça”.

/www.mpla.ao

/AB /Foto: DG

Veja todas as notícias