OPINIÃO: MPLA, líder da mudança na sociedade angolana – Eduardo Magalhães

“Devemos celebrar o desejo de continuar a melhorar as nossas vidas, como se estivéssemos a oferecer, a nós mesmos, um prémio Nobel da Paz” – 16.05.17.

Luanda, 16 MAIO 17 (3ª FEIRA) - Mais um pleito eleitoral está a ser preparado e já tem data marcada. Vinte e três de Agosto deste ano. As eleições são o principal fruto da democracia.

A democracia decorre das sementes que produziram outros importantes frutos: a paz, a estabilidade e a reconciliação nacional.

 Essas bandeiras empunhadas pelo MPLA atestam o enorme espírito de solidariedade de um partido estruturado e organizado, que sempre trabalhou e está a trabalhar o presente e a planear o futuro do seu povo.

É inquestionável que o MPLA está a trabalhar para que o povo angolano tenha o necessário para viver bem e dignamente. Os factos confirmam que a esperança dos angolanos está naqueles que têm experiência de governação e estão comprometidos com Angola.

Ainda assim, é importante lembrar que os percalços nesta estrada obrigam à permanente vigilância, empenho e destreza, entre a resolução dos graves problemas herdados desde a guerra e as respostas às grandes e ingentes demandas actuais.




A sociedade reconhece no MPLA o responsável pela promoção das mais importantes mudanças, que são o resultado do esforço de todos.

Devemos celebrar o desejo de continuar a melhorar as nossas vidas, como se estivéssemos a oferecer, a nós mesmos, um prémio Nobel da Paz, pois é desta maneira que estamos a dar valor às nossas conquistas.

Exactamente por isso é que juntos, MPLA e todas as forças vivas da Nação angolana, estamos, com a força do nosso passado e do nosso presente, a planear o futuro, porque estamos na mesma trincheira desde o início.




PortalMPLA/EM/AB

Veja todas as notícias