PIIM SERÁ FINANCIADO COM USD 2 MIL MILHÕES

PortalMPLA, 28 JUNHO 19 (6ª FEIRA) – O Presidente da República, Camarada João Lourenço, anunciou nesta quinta-feira (27/06) em Luanda, que o Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), será financiado com o equivalente em kwanzas a dois mil milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola (FSDEA).

(Na foto, Presidente da República, João Lourenço no acto oficial de lançamento do PIIM).

João Lourenço que falava na cerimónia de lançamento do referido Plano, assegurou que, com o dinheiro disponível do Fundo Soberano, o PIIM será implementado sem recursos ao endividamento público.

“O Executivo angolano pretende fazer dos municípios o centro do desenvolvimento Nacional”, frisou o Camarada João Lourenço.

Acrescentou que o activo do Fundo Soberano que estava fora de controlo do Estado foi recuperado, o que permitirá a implementação de programas que darão vida aos 164 municípios do país.

O Presidente da República, referiu que o Plano prevê acções nos sectores da educação, saúde, infra-estruturas administrativas, das vias de comunicação secundárias e terciárias, segurança pública, do saneamento básico, energia, água, entre outros domínios importantes para as comunidades.

Acrescentou que o PIIM será desenvolvido até 2020, e vai permitir o reatamento de obras paralisadas por falta de financiamento, construção de cerca de quatro mil salas de aulas, perto de 200 equipamentos hospitalares, 36 complexos residências, terraplanagem e asfaltagem de estradas, o que na visa do Camarada Presidente será uma oportunidade para os empresariado nacional concorrer para as diferentes empreitadas.

No quadro do Plano Integrado, o Presidente João Lourenço, informou que o Executivo vai analisar a institucionalização do orçamento participativo, visando envolver mais os cidadãos na vida das comunidades.

De iniciativa Presidencial, o PIIM, resulta de um árduo trabalho integrado feito por uma equipa multissectorial, e é a materialização do processo de reforço da descentralização administrativa, em curso no país.

/ER

/www.mpla.ao

Veja todas as notícias