PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO: “As nossas relações são normais”

O Chefe de Estado angolano negou, nesta 2ª feira (08), qualquer crispação nas relações com o Presidente do MPLA, Camarada José Eduardo dos Santos.

 

PortalMPLA, 08 JANEIRO 17 (2ª FEIRA) – O Presidente da República de Angola, Camarada João Lourenço, Titular do Poder Executivo, realizou na manhã desta segunda-feira (08), no Palácio Presidencial, em Luanda, uma entrevista colectiva a 150 jornalistas nacionais e estrangeiros, que fizeram a ele 24 perguntas.

Uma das perguntas, feita por um jornalista da Televisão Pública de Angola, foi a de saber se existe ou não crispação nas relações entre si e o seu antecessor na chefia do Estado, Camarada José Eduardo dos Santos, Presidente do MPLA, o partido vencedor das últimas Eleições Gerais, de 23 de Agosto de 2017, com 61,08 por cento dos votos e onde João Lourenço é o Vice-Presidente.

Eis a resposta:

“Talvez estejamos a olhar com olhos diferentes. Eu não sinto essa crispação nas nossas relações. As nossas relações são normais, sobretudo de trabalho. Relações entre o Presidente de um partido e o seu Vice-Presidente, do Partido. Relações entre o Presidente do Partido que me apresentou como candidato e do hoje Presidente da República.

Nas minhas funções de Presidente da República, eu baseio-me, sobretudo, na Constituição e na lei e, em princípio, nada está acima da Constituição. O Presidente do Partido, enquanto Presidente do Partido, fundamenta a sua acção em algo que se chama Estatutos do Partido. Portanto, estamos em campos distintos. Acredito que, se cada um de nós cumprir bem com o seu papel, não haverá atritos.

Eu, tudo farei no sentido de, enquanto Presidente da República, não prescindir de nenhum dos direitos que a Constituição me confere, para que possa cumprir com o mandato que o povo me conferiu, em Agosto de 2017”.

Sede Nacional do Partido/AB

Veja todas as notícias