SEMELHANÇAS? - A. Muatxianvua

“Uns e outros (UNITA e CASA-CE) estão alinhados pelo mesmo diapasão: o de branquear a história recente de Angola”.

Luanda, 11 AGOSTO 17 (6ª FEIRA) - Oskar Groning, um dos membros da Direcção do campo de extermínio nazi de Auschwitz, de 96 anos, foi declarado apto para cumprir a condenação de quatro anos de prisão, apesar da idade, informou o Ministério Público alemão - segundo o Jornal de Angola, na sua edição de 4 de Agosto, sexta-feira.

Quinta-feira, em Luanda, Adalberto da Costa Júnior, dirigente da UNITA, condenou a evocação, pelo MPLA, da subversão armada protagonizada por Jonas Savimbi, a pretexto da “fraude eleitoral”, de 1992. Disse tratar-se de um reavivar de “memórias traumáticas”, decorrentes de um processo em que “todos somos culpados, todos somos responsáveis”...

Por seu lado, Abel Chivukuvuku, chefe da CASA-CE, declarou que aqueles que evocam o conflito armado desencadeado pela UNITA - de que é dissidente, após ter sido derrotado em eleições em que pretendia substituir Jonas Savimbi - não estão “na onda do presente”.

Ao que parece, uns e outros (UNITA e CASA-CE) estão alinhados pelo mesmo diapasão: o de branquear a história recente de Angola, desculpabilizando os reais autores materiais das nossas mais gritantes carências, que, entretanto, não se cansam de salientar, alimentando, junto dos incautos, um porvir que exclui o trabalho, o mérito, a competência e a perseverança.

Nazismo e savimbismo: haverá por aí alguma similitude?

Na Alemanha, quase 70 anos depois do Holocausto, os fiéis serventuários de Hitler continuam a ser perseguidos judicialmente. Entre nós, a simples evocação do terrorismo savimbista e sua subordinação aos interesses do regime sul-africano do Apartheid, suscita dos seus agentes, travestidos hoje em democratas, um apelo à... tolerância - a qual, no seu douto entender, significa que ... “todos somos culpados, todos somos responsáveis”.

E esta, hein?

PortalMPLA/AM/AB

Veja todas as notícias