VP exorta à intensificação de medidas protectivas a favor das mulheres

PortalMPLA, 30 NOVEMBRO 19, Sábado(30) - A Vice-Presidente do MPLA, Camarada Luísa Damião, defendeu nesta manhã, sábado (30),em Luanda, o reforço da protecção às mulheres angolanas tendo em conta as suas necessidades mais prementes.

Luísa Damião teceu estas considerações, no  acto de abertura da 7ª Sessão Ordinária do Comité Nacional da OMA, que teve lugar no anfiteatro do Centro de Conferências de Belas, em Luanda.

A dirigente apelou a OMA a continuar a liderar e reforçar a “luta e protecção da mulher zungueira, da mulher quitandeira, das empregadas domésticas e da mulher rural, da mulher desportista e do mundo das artes, da mulher estudante, olhando às suas necessidades mais prementes e para as políticas públicas que visam a resolução dos principais problemas que afectam a mulher angolana”.

Na sua intervenção, a Vice-Presidente advogou a potencialização dos Centros de Aconselhamento Jurídico, com especialistas, e o reforço da cultura jurídica, tirando o melhor  aproveitamento das mulheres formadas no ramo das ciências sociais, com ênfase na sociologia, psicologia, direito, assistência social, entre outras áreas.

Ao falar da violência na sociedade actual, considerou que é reflexo do fraco papel da família, pelo que aconselhou a mulher angolana, a ser parte  da solução da estabilidade e da moralização.

A plenária serviu para analisar e aprovar, o preenchimento de vagas existentes no Comité Nacional e na Comissão de Disciplina e Auditoria, e por outro lado aprovou o Relatório de Actividades entre os meses de Maio a Outubro de 2019.

Foi igualmente aprovado, o Plano Anual de Actividades para 2020, bem como o Orçamento Anual para o mesmo período. 

O Comité Nacional foi informado sobre o funcionamento das Associações criadas pela Organização.

A agenda de trabalho incluiu a apresentação de palestras  que abordaram as temáticas sobre a  “Protecção Social e Acesso às Infraestruturas Sustentáveis as Mulheres e Raparigas” e outra sobre a “Segurança Alimentar e Nutrição”.

A 7ª Sessão Ordinária do Comité Nacional, contou com a presença de 207 membros dos 235 que compõem o órgão.

LN/ HT

/Foto:DG

/www.mpla.ao


 

Veja todas as notícias