VP DO MPLA abre Seminário sobre Comunicação Política e Oratória

Camarada Luísa Damião disse, nesta 4ª feira (16), em Luanda, que cada militante e simpatizante do Partido deve ser um ciber-activista.

PortalMPLA, 16 OUTUBRO 19 (4ª FEIRA) – A vice-presidente do MPLA, camarada Luísa Damião, inaugurou, na manhã desta 4ª feira (16), em Luanda, um Seminário sobre Comunicação Política e Oratória, uma organização do Grupo Parlamentar do Partido, que se estende até amanhã, 5ª feira.

(Na foto ao centro, a VP do MPLA, ladeada pelo SG do Parido, à esquerda e pelo presidente do Grupo Parlamentar, camaradas Paulo Pombolo e Américo Cuononoca, respectivamente).

Ao discursar no evento, aquela dirigente exortou a todos os militantes e simpatizantes do MPLA para que sejam, necessariamente, ciber-activistas, que partilhem e disseminem, nos vários grupos e plataformas digitais, as realizações de impacto social do Governo angolano, contribuindo para a informação e o esclarecimento do povo angolano.

Luísa Damião, que chamou a comunicação de poder, referiu que ela é um dos pilares fundamentais das sociedades modernas e um dos garantes do aprofundamento da cidadania participativa, porquanto – como realçou – “a vida quotidiana, as motivações individuais e colectivas e as opções políticas estão ligadas ao fenómeno comunicativo e ao modo como ele vai-se desenvolvendo”.

A VP do MPLA alertou que “a abertura política, o processo de consolidação da democracia, incluindo a democracia interna no seio dos partidos e das associações da sociedade civil, as contínuas mudanças no ambiente político, a preponderância progressiva dos médias, assim como a adequação aos ventos da globalização são factores que têm vindo a influenciar a maneira de exercitar a política”.

Neste sentido, considerou ser necessário reforçar os “mecanismos de comunicação interna e de formação político-ideológica dos militantes e simpatizantes do MPLA, adicionado às outras formas de entender o comportamento das variáveis políticas e seus impactos nas estratégias do Partido para o seu eleitorado”.

Igualmente, reforçou a um maior recurso aos meios de comunicação social e às redes sociais, para que se divulguem massivamente os benefícios sociais das medidas de política do Executivo, em prol do progresso social de Angola e minimizar as reacções negativas de algumas pessoas.

Participam no seminário, dirigentes do MPLA, deputados, responsáveis e quadros do aparelho central do Partido.

/www.mpla.ao

/AB

/Foto: DG

Veja todas as notícias