VP DO MPLA avalia funcionamento das estruturas do Partido em Luanda

A camarada Luísa Damião visitou, sábado (12), os comités de Acção dos distritos urbanos da Maianga e da Samba.

PortalMPLA, 14 JANEIRO 19 (2ª FEIRA) - A vice-presidente do MPLA, camarada Luísa Damião, realizou, sábado (12), visitas aos comités de Acção dos distritos urbanos da Maianga e da Samba, no município de Luanda, onde constatou o grau de funcionamento, organização e de prontidão dos mesmos.

Na Sede do Comité Municipal de Luanda do MPLA, Luísa Damião, acompanhada por membros dos comités Central e Provincial de Luanda do Partido, foi recebida com muita ovação, cânticos e aplausos dos militantes. Ao usar da palavra, na circunstância, aquela dirigente qualificou o actual momento em Angola de desafiante e exigente.

“Vamos ter Eleições Autárquicas em 2020 e, em 2022, as Eleições Gerais. Portanto, deve ser a partir de agora que nós devemos aprimorar a nossa máquina, para vencermos estes dois processos eleitorais” – frisou.

A VP recordou que o MPLA tem tradição de vitórias, mas que, “para continuarmos a ser um partido vencedor, temos que trabalhar. E o trabalho começa na base, na organização dos nossos comités de Acção, na organização dos nossos comités distritais, dos comités municipais, no papel interventivo e activo dos grupos de acompanhamento”.

Na mesma senda, recomendou à conservação do bom hábito do MPLA, que é o de trabalhar na antecipação e que devem ser os militantes do Partido os protagonistas da mudança em Angola e do combate à corrupção, ao nepotismo e à impunidade.

“Devemos ser também nós, os militantes do MPLA, os primeiros a apoiar a acção do Executivo e, obviamente, as linhas estratégicas do Camarada Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço”.

Segundo referiu, para que o MPLA continue a ser cada vez mais forte e dinâmico, é importante dialogar mais com as massas populares, prestar atenção ao contributo de cada um dos militantes, para que, a partir das valências e conhecimentos de cada um, ajudem a fortalecer a acção quotidiana do Partido e o Estado democrático de direito.

A visita ora efectuada, enquadra-se no cumprimento de um programa de reforço do trabalho de controlo e de avaliação do funcionamento das estruturas intermédias e de base do MPLA.

/ER/AB

/Fotos: DG

Veja todas as notícias