VP DO MPLA dialoga com o presidente da Associação do Processo dos 50

A camarada Luísa Damião recebeu em audiência, nesta 5ª feira (08), na Sede Nacional do Partido, em Luanda, o nacionalista Amadeu Amorim.

PortalMPLA, 08 NOVEMBRO 18 (5ª FEIRA) - A vice-presidente do MPLA, camarada Luísa Damião, recebeu em audiência, nesta quinta-feira (08), na Sede Nacional do Partido, em Luanda, o presidente da Associação do Processo dos 50, Amadeu Amorim.

Após o encontro, aquele nacionalista disse à Imprensa que a sua associação está preocupada com a necessidade de divulgação dos aspectos marcantes que marcaram a Luta de Libertação Nacional, através de palestras e de mensagens à comunicação social, para que as actuais e futuras gerações saibam “quanto custou ganhar a nossa bandeira”.

Foi designado “Processo dos 50” a um conjunto de três processos políticos que se iniciaram a 29 de Março de 1959, com as prisões de vários nacionalistas angolanos, que se estendeu até 24 de Agosto do mesmo ano, com a última detenção.

O conhecimento das prisões dos 50 nacionalistas, alertou o Mundo, particularmente as pessoas ligadas ao movimento pela independência de Angola, para a necessidade de acção imediata, o que lançou as bases para o início da Luta Armada de Libertação Nacional, a quatro de Fevereiro de 1961, quando um conjunto de patriotas angolanos atacou as cadeias de Luanda, onde estavam os presos políticos.

O camarada Amadeu Timóteo Malheiros Amorim “Tenda Dialoso”, de 81 anos de idade, é membro do Comité Central do MPLA, em cujas fileiras milita desde 1957.

/JA/AB

/Fotos: DG

Veja todas as notícias