ZAIRE: MPLA apostado no sucesso da transição natural da sua liderança política

Carlos Feijó (foto) testemunhou, neste sábado (9), a realização da 2ª Reunião Extraordinária do CPP.

PortalMPLA, 11 JUNHO 18 (2ª FEIRA) - O coordenador do Grupo de Acompanhamento do Secretariado do Bureau Político do MPLA à província do Zaire, camarada Carlos Feijó, na foto, declarou, neste sábado,09, em Mbanza Congo, que a realização, em Setembro, do 6º Congresso Extraordinário marca, de forma natural, a conclusão do processo de transição de liderança política no Partido.

O dirigente fez essa afirmação no acto de encerramento da 2ª Reunião Extraordinária do Comité Provincial do Zaire do MPLA, tendo acrescentado que o conclave vai reforçar e preservar, ainda mais, a unidade e a coesão no seio do Partido.

“Esse conclave tem que ser o congresso de coesão do Partido, de unidade entre os militantes da organização, para que com ele, e, de forma natural, concluamos o processo de transição política no Partido”, asseverou.

De acordo com Carlos Feijó, a transição política foi feita em dois momentos, sendo a primeira a nível do Estado e a segunda no Partido, que será legitimada no próximo mês de Setembro, no Congresso Extraordinário.

O reforço da liderança do MPLA na tomada de iniciativas políticas na governação do país é outro objectivo a ser atingido no VI Congresso, segundo ainda Carlos Feijó, para quem o Partido deve liderar o processo de institucionalização das autarquias locais, previstas para 2020.

Para o efeito, apelou ao maior empenho e afinco dos militantes, nesta fase de auscultação pública, bem como nas etapas subsequentes da actualização dos registos eleitorais, para as eleições autárquicas e da mobilização dos eleitores, de modo que o MPLA alcance resultados satisfatórios.

“O MPLA já possui uma larga experiência na realização e condução de pleitos eleitorais. Essa experiência deverá ser repetida ao nível das autárquicas para um triunfo claro e inequívoco”, recomendou.

Carlos Feijó apontou o reforço da democracia interna do Partido como o terceiro grande objectivo a ser alcançado em Setembro.

Quanto à Reunião Extraordinária do Comité Provincial do Zaire, o seu comunicado final apela à vigilância contra todas as acções que possam perturbar o processo político em curso.

A plenária foi orientada pelo primeiro-secretário do Comité Provincial do Zaire do MPLA, camarada Joanes André.

PortalM/MF/JC

Veja todas as notícias