Presidente Dos Santos: “Benguela tem tudo para dar certo”

LOBITO (BENGUELA), 27.08.12: DISCURSO DO CAMARADA PRESIDENTE JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, NA CAMPANHA ELEITORAL ÀS ELEIÇÕES GERAIS DE 2012.

“Caros amigos,
Estimados compatriotas!

Faltam, apenas, quatro dias, para o dia das Eleições Gerais. Sei que todos os militantes, simpatizantes e amigos do MPLA estão preparados para a votação, mas a oposição diz que, também, está mobilizada e que vai conquistar a maioria dos votos. Será que vão mesmo conseguir isso? Com certeza que não!

Viva o MPLA!
Viva o MPLA!

No dia 31 de Agosto o voto é no número?... ‘2’!

Benguela tem uma população orgulhosa do seu passado de luta e de resistência. Apesar de ter sido fundada na sua origem, num local tido como impróprio para a vida humana, os seus habitantes conseguiram domar a natureza e transformá-la numa das mais belas cidades de Angola e num lugar aprazível para viver.

Lobito, Benguela, Catumbela e Baía Farta tinham problemas graves de falta de água, de sistemas de saneamento e de vias adequadas de circulação. O Governo do MPLA realizou, aqui, grandes obras para reparar, construir e modernizar essas infra-estruturas de grande dimensão e hoje o saneamento básico melhorou, a circulação é mais fácil e a água chega a casa de milhares e milhares de famílias.

Estão a terminar as obras de reabilitação dos sistemas de abastecimento de água para o Balombo, a Ganda e o Cubal e, posteriormente, o Bocoio. O programa ‘Água para todos’ está a levar água potável a todos os municípios e comunas, contribuindo imenso para a melhoria da saúde das crianças e da população em geral.

É assim que o país avança. A oposição fala, critica, ameaça, mas quem constrói o país e trabalha para o bem-estar dos angolanos é o Governo do MPLA.

A partir daqui, a minha mensagem é dirigida também a todos os angolanos, que ainda não têm acesso à água potável. Quero garantir-lhes que não estamos de braços cruzados, diante deste grande problema. Bem pelo contrário.

Tal como aconteceu no sector da energia eléctrica, onde já anunciámos como vamos aumentar a produção e a distribuição, logo no início do seu mandato, o Governo do MPLA vai aprovar o Plano Estratégico da Água, definindo os seus diversos usos.

Na base desse plano, vão ser programados os investimentos estruturantes, para produzir mais água potável e distribuí-la melhor a toda a nossa população. Podem estar seguros que este compromisso vai ser cumprido.

Caros compatriotas!

A província de Benguela começa a ser um pólo de concentração de grandes investimentos estratégicos, para Angola e para a África Austral.
O aeroporto da Catumbela, a redinamização e extensão do Porto Comercial do Lobito e a recuperação do Caminho-de-Ferro de Benguela são um cartão de visita e uma grande porta de entrada e saída de mercadorias e de bens de equipamento necessários para o desenvolvimento económico de Angola e da região.

A província de Benguela vai constituir-se, a curto prazo, numa eficaz plataforma logística e de serviços de apoio ao desenvolvimento. Benguela terá, assim, condições para desenvolver e alargar o seu parque industrial e valorizar o seu enorme potencial agrícola e piscatório.

A província de Benguela já foi o segundo parque industrial, depois de Luanda, mas, agora, terá que competir seriamente com a Huíla e o Huambo. Benguela pode vencer esta competição, porque tem tudo para dar certo.

Meus caros amigos,
Estimados compatriotas!

Muito obrigado pelos parabéns que me transmitiram. Muito obrigado, também, pelos votos que formularam para que eu continue a viver e até, se calhar, uma longa vida. Mas, eu quero sublinhar um momento que retive, nas diferentes intervenções dos que falaram antes de mim.

O Dr. Jorge Valentim disse que o programa dos outros é promover a confusão e estragar. O programa do MPLA é construir e construir uma Angola cada vez mais justa e feliz para todos.

A disciplina e capacidade de trabalho dos quadros e da população desta província são uma garantia de que tudo isso é possível.
O MPLA está a contar com os benguelenses, em particular e com todos os angolanos, em geral, para, no próximo mandato, fazer Angola crescer mais e distribuir melhor.

Assim, que ninguém falte no dia 31 de Agosto, para escolher bem, quem vai governar Angola. E escolher bem é votar no número?... ‘2’!

Viva o MPLA!
Viva o MPLA!”.

Discurso (27/08) do Pai da Nação, em comício popular no Lobito